Pesquisa do curso de Ciência da Computação explora o potencial de tablets para alunos com cegueira

A pesquisa intitulada “Tecnologias assistivas para educação” realizada no trabalho de conclusão do aluno de Ciência da Computação, Gabriel Zago Cecchin, tem por objetivo explorar ferramentas de acessibilidade em tablets para pessoas cegas. O aporte teórico do trabalho encontra-se na linha de pesquisa em Tecnologias e Metodologias de Inclusão Digital do Grupo de Estudo e Pesquisa em Inclusão Digital.

Dentro deste contexto e como forma de qualificar os seus resultados, a pesquisa conta com o apoio da divisão de TI da Universidade de Passo Fundo e do aluno do curso de direito do Campus Casca, Vagner Luís Novelo, que a dois anos perdeu a visão.

A partir da exploração dos recursos de acessibilidade dos tablets, espera-se disponibilizar uma ferramenta auxiliar para o processo de formação de alunos com deficiência visual. Para tanto, Gabriel realizou uma pesquisa detalhada de configurações e aplicativos de acessibilidade disponíveis e adequados para as demandas de Vagner.

Após a catalogação, teste a análise de cada solução, chegou-se a uma configuração ideal que será testada pelo aluno de Casca durante duas semanas. O equipamento em teste é um iPad e, com vistas à explorar também os recursos do Android, sistema operacional livre e instalado em mais de 60% dos tablets no mundo inteiro, um equipamento com esta plataforma está sendo configurado para que seja testado por Vagner nas próximas semanas.

Segundo o orientador do Trabalho de Conclusão, prof. Adriano Canabarro Teixeira, esta atividade tem relevância em função de pelo menos dois aspectos: Está integrando de forma plena ensino, pesquisa e extensão e o mais importante, está explorando o potencial das tecnologias digitais no processo de democratização do acesso ao conhecimento por parte de pessoas com deficiência visual.

Compartilhe nas redes:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *